Onde Comprar: Submarino - Saraiva - Fnac
Autor: Rachel Hakind
Editora: Galera
Número de Páginas: 320
ISBN: 9788501097163
Link do Skoob
Sinopse: "Sophie Mercer pensava ser uma bruxa. Por isso foi mandada para Hex Hall, um reformatório para Prodígios - vampiros, fadas entre outros. Mas isso foi antes de ela descobrir um terrível segredo de família... e que estava apaixonada por certo agente do L'Occhio di Dio, uma organização decidida a varrer da terra os seres sobrenaturais. Agora, de férias com o pai, ela precisa decidir o que fazer com os próprios poderes, um noivo de última hora e uma conspiração que ameaça a paz entre mortais e mágicos. "




Resenha: Posso afirmar, esse livro é bem melhor que primeiro! Não que o primeiro seja ruim, muito pelo contrário, é ótimo, mas esse é... perfeito, surpreendente, maravilhoso!
Antes de tudo, vai ter sim spoilers, então, só leiam se quiserem. Vou ter que falar algumas coisas que não falei na primeira resenhas, vamos lá: Archer faz parte do L'Occhio di Dio, Elodie morre, porém, antes, passa seus poderes para Sophie, e com isso, Sophie consegue matar Alice, o espírito da sua bisavó, que era um demônio.
Agora, vamos a resenha em si: Sophie vai finalmente conhecer o seu pai. Ela estava disposta a passar pela remoção, mas como chefe do conselho, o pai dela poderia proibi-la, porém, ao invés de fazer isso, ele faz uma proposta a Sophie: que ela vá passar o verão com ele na Inglaterra, e, se depois desse período ela ainda quisesse passar pela remoção, ele deixaria.
Soph aceita, mas com a condição de que sua amiga Jenna ir junto, e o pai dela aceita, e informa que Cal (o "inspetor" bonitão do Hecate Hall) vai também, e ela fica surpresa, e pergunta o porque de ele ir.
Bom, seria melhor se não tivesse perguntado: o pai dela a diz que ela e Cal estão noivos. Ótimo não, em uma única tacada Sophie conhece o pai, descobre que vai passar um grande período com ele, que até era um desconhecido, e descobre que tem um casamento arranjado.
Continuando, durante o caminho para a Inglaterra, e o tempo todo Soph tem um sensação estranha: de que ela, Jenna e Cal não vão mais voltar para Hex Hall, mas ela tenta ignorar essa sensação. Chegando, eles descobrem que vão ficar em nada mais nada menos que uma mansão, a Abadia de Thorne (pra vocês terem noção, o lugar tem mais de 20 cozinhas!!!), e o pessoa do Conselho está lá, esperando eles, mas não sozinhos. Dois adolescentes estão lá também, e isso deixa Soph muito nervosa, porque eles são demônios.
Até então, ela achava que só existiam dois demônios na Terra: ela e o pai dela, mas bom, parece que as coisas mudaram. Durante essas férias, o objetivo era que Sophie aprendesse com o pai dela que demônios não são oque ela achava: monstros que só sabem matar, mas que, não sei como dizer, também são humanos sabe.
Enfim, continuando, um belo dia das férias, Sophie e Jenna vão sair com dos dois adolescentes demônios, Nick e Daisy, vão para uma balada de Prodígios. Mas, logo nesse dia, L'Occhio di Dio ataca, e, Soph reencontra o Archer. Foi tipo, bem louco, e depois disso tudo, ela ainda descobre que será assombrada para sempre pelo fantasma de Elodie. Até então, não se sabia de fantasmas perseguindo as pessoas, eles simplesmente vagavam pelo lugar onde morreram, mas como antes de morrer Elodie cedeu seus poderes para Sophie, de alguma forma, elas ficaram ligadas, e Elodie pode se locomover pelo mundo todo.
Sophie finalmente decide não fazer mais a remoção, depois de algumas "aulas" com o pai dela, ela acaba percebendo que não é como ela pensava, e muda de ideia.
Agora vou dar tipo, um salto na história, se não vou acabar falando demais. Então, depois de alguns acontecimentos, Archer e Sophie vão, juntos, á parte proibida de ilha aonde fica o Hecate. Cross quer mostrar para Soph oque ele descobriu: que a diretora da escola, e sua irmã (que faz parte do Conselho) estão criando demônios. Com criar, não digo tipo, criar um cachorro, eles estão transformando Prodígios normais em demônios. Depois desse descoberta um tanto horripilante, Soph e Archer finalmente fazem as pazes.
Dando mais um pequeno salto na história, um belo dia, quando Soph e Archer iam se encontrar ás escondidas mais uma vez, o Nick (aquele adolescente demônio) pira, tipo, enlouquece totalmente, e acaba atacando Cross, que seria morto se não fosse por Cal. Quando Sophie chega e o vê todo ferido, ela procura o Cal, que tem poderes curadores extremamente fortes, para curar Cross. Claro que Cal não queria, afinal, Archer era um agente do L'Occhio di Dio, mas ele acaba o curando, por Sophie.
Porém, algo trágico acontece: o pai de Sophie e todo o Conselho chega aonde eles estão, e pegam todos no flagra. Eles capturam o Cross, e o pai da Soph fica muito triste com ela, já que ela estava com um "inimigo".
Eles vão ser julgados pelo conselho, mas o James (pai da Sophie) não vai participar, já que ele é pai né, poderia levar para o lado emocional e tal. Eles não negam estarem juntos, e o Archer é condenado a morte, e a Sophie a remoção. Olha só que beleza: assim que ela desiste da ideia de passar pela remoção, é obrigada a passar pela remoção.
James vai tentar defender a filha, mas vai acabar sendo condenado a passar pela remoção também, e vai ser o primeiro. Enquanto Sophie e Cross estão presos, James vai para a remoção, e sobrevive. (a remoção é um processo muito forte, que retira todos os poderes do bruxo, no caso, do demônio, e maioria das pessoas morre ao fazer a remoção, e quando não morrem, ficam com o corpo todo cheio de tatuagens roxas). Logo, é a vez de Sophie, já que Archer seria morto na manhã seguinte. Porém, enquanto Sophie está a caminho do lugar aonde fazem a remoção, muitas coisas acontecem. Um dos adolescentes demônios pira, a Jenna some e a mansão é atacada, e acaba em chamas. Com sorte, ela consegue fugir e enocontrar o Cal, que fiz pra ela ir a procura das Brannicks (outra sociedade que mata Prodígios), justificando que a mãe dela está com elas. Sophie fica confusa, mas resolve fazer oque ele falou, mas antes, pergunta como vão ficar o pai dela e Archer, já que até então, eles estão presos na casa em chamas. Cal fala que vai ficar tudo bem, e diz que vai até a mansão atrás deles.
Tipo, é quase um suicídio entrar em uma mansão em chamas, mas ele vai. E o livro termina.
Foi só um pequeno resumo, gente, vocês não tem noção do quanto esse livro é bom! Eu amo a forma como a Rachel escreve, é uma leitura simples e divertida, e eu li em um dia.
O ruim, é que o terceiro livro ainda não foi lançado no Brasil, o bom, é que eu já li, pelo site, que eu não sei se vocês conhece, que chama livroson. Alguma alma abençoada que leu o livro em inglês traduziu e postou lá, e me permitiu ler logo, e eu só tenho uma única coisa a falar sobre o último livro: QUE TRILOGIA MARAVILHOSAAA!
Espero que lancem logo no Brasil, pois eu só vou resenhar depois que lançarem aqui.


Gostaram da resenha?? Depois de séculos só prometendo eu finalmente fiz! Não deixem de comentar falando oque acharam, beijosss.


4 Comentários

  1. Ai meu Deus!! Eu quero tantooo ler esse livro, mas ando com tanta preguiça de trilogias =( acho que os autores estão pensando demais em vender uma só história... Claro, a culpa não é só deles! As editoras são muito mercantilistas. Enfim, gostaria de dar uma nova chance a história... Mas quem sabe mais para frente?
    Parabéns pelo blog!
    Beijo!

    Vitoria
    http://lonelyfireflies.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com tudo que você falou, mas para de preguiça e lê, porque é realmente uma ótima trilogia!
      Obrigada, seu blog é lindo!
      Beijos.

      Excluir
  2. Nossa... ainda não li o primeiro, mais me parece ser uma ótima série.
    Adorei a resenha, fiquei ainda mais ansiosa para ler.
    Bjimm!

    sonholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir