Compare preços aqui!
Autor: Augusto Cury 
Editora: Planeta
Páginas: 400
Sinopse: E se você pudesse voltar no tempo e mudar a História? Você o faria? Um professor especialista em nazismo e II Guerra Mundial começa a ter insônia e pesadelos, como se estivesse vivendo as atrocidades ocorridas durante o Nazismo.
Em um ponto de desatino, diz que os alunos são parceiros de Hitler. Sua intenção é, na verdade, provocar a sensibilidade e a curiosidade de seus alunos.
Bem quisto por alguns, mas muito criticado e até processado por outros, sua inquestionável fama coloca os holofotes sobre ele. Ainda mais quando um estranho complô nazista parece persegui-lo.
Resenha: Apenas tiro meu chapéu para o Augusto Cury. Com toda certeza ele é um dos nossos grandes escritores e é sempre muito bom ler um de seus livros.
Colecionador de Lágrimas é um romance que envolvente e com muitas aventuras, uma ficção baseada em fatos. O assunto principal do livro é Hitler: o pior e mais cruel homem de todos os tempos, o Holocausto e tudo que o envolve.
Os personagens principais são Júlio Verne, um dos melhores professores de história especializado em Hitler e tudo que o envolve e especializado também em envolver seus alunos nas aulas e judeu, e sua esposa, Kate, uma excelente psicóloga.
"No dia em que um professor deixar de provocar a mente dos seus alunos e não mais conseguir estimulá-los a pensar criticamente, estará pronto para ser substituído por um computador."
Júlio começa a fazer muito sucesso e ser conhecido inclusive internacionalmente a partir de fatos estranhos: ele começou a ter estranhos pesadelos envolvendo pessoas e coisas que aconteceram na época de Hitler, mas ele estava presente e era tudo muito real. E por isso, passou a ser assombrado, mas tudo tem seu lado bom: suas aulas, que estavam monótonas e já não envolviam seus alunos, passaram a ser cada vez mais envolventes e cada vez mais ele conquistava alunos, aumentando seu número de admiradores, mas também criando desafetos.
Até que um dia coisas estranhas começam a contecer: le recebe cartas sem destinatários, em papel antigo e escritas com tinta antiga, que pareciam ser da época da Segunda Guerra. Mas não para por aí: certo dia, enquanto estava saindo de uma aula, um cara tentou o matar, mas o mais estranho é que ele usava um anel de honra da SS, a polícia de Hitler, e partir daí nada mais seria igual.
"Hitler usou o gatilho dos gatilhos: a palavra. As palavras frequentemente precedem homicídios. A palavra dispara a ofensa, mas também o fascínio, acaricia a emoção e domina a alma."
Uma grande aventura estava para chegar em sua vida e Júlio a aceita, nos levando junto e nos fazendo devorar o livro.
A escrita do Cury é fantástica, nada menos que isso, e o livro nos ensina muitos fatos de Hitler e sua horrenda figura que desconhecíamos. Para quem como eu ama história e gosta de aprender mais, esse livro não pode passar batido.
E mesmo que não gosta, é um livro envolvente e que traz muito aprendizado: todos deveriam ler e se aventurar!

4 Comentários

  1. Minha linda Gab, quanto tempo poxa, que saudade do seu cantinho <3. Realmente senti falta dos seus posts meu anjo <3.
    Agora falando sobre a resenha, simplesmente me encantei com ela. Li apenas Armadilhas da mente do autor, infelizmente...
    Tenho muita curiosidade em ler este livro, mas nunca imaginei que era sobre tal assunto. Realmente a escrita do autor é muito gostosa de ler e tenho certeza que quando eu ler irei gostar de ler ^^
    Parabéns pela resenha e não suma mais u.u
    Beijos e sucesso.
    http://chuvaelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahha fiquei sumida um tempo mas voltei!!!!
      Eu sou muito fã do Augusto Cury e indico sempre, é muito bom, procura ler, você vai amar. Todos os livros dele que já li valeram a pena.
      Beijãoooo <3

      Excluir
  2. Queria muito, mas não consigo gostar de Augusto Cury. Já tentei ler alguns livros dele, mas simplesmente não consigo gostar desse tipo de livro.

    www.laoliphant.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério?? Eu amo os livros dele, pelo menos os que eu já li amei....
      Mas acontece né hahahaha Beijosss

      Excluir