Compre aqui e aqui!
Autora: Michelle Falkoff
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
Skoob
Sinopse: "Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava. A Playlist de Hayden é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil."

*Livro cedido em parceria com a editora

Resenha: Não sei como começar esse resenha, é sempre assim quando amo um livro, mas vou tentar dar o meu máximo.
Em um resumo geral, acompanhamos Sam, um adolescente que está tentando descobrir a verdadeira razão de seu melhor (e único) amigo, Hayden, ter se suicidado. Ele se sente culpado, e por um lado até que tem culpa, mas o que mais o intriga é a playlist que o amigo deixou para ele, e através dela ele tenta entender como foi que Hayden chegou nesse ponto.
Crédito da Imagem

"Quem precisa de um grupo? Que mal existe em ter um único melhor amigo?"

Nessa busca, Sam vai passar por momentos extremos e ter sentimentos extremos, e a escrita de Michelle nos faz mergulhar nessas situações junto com ele e nos faz compartilhar esses sentimentos.
O livro é incrível e a escrita da autora também. Ela soube fazer uma história única e reunir tensões com momentos cômicos de um jeito maravilhoso.
"A cerimônia já estava quinze minutos atrasada e eu ainda podia ouvir gente chegando atrás de mim. Para um cara que tinha praticamente um único amigo, aquele funeral estava bastante lotado. Ele teria odiado tudo aquilo, eu tinha certeza. Ele estaria sentado ali atrás, junto comigo."
Sam não é o único personagem importante. Além do próprio Hayden, sempre presente, temos também a mãe e a irmã de Sam, Astrid e seus amigos, o irmão de Hayden e os seus melhores amigos, entre outros, que são igualmente importantes.
E claro: a playlist. No fim de tudo, eu achei que as músicas ficaram bem perdidas no meio do livro, não fazia exatamente sentido tal música em tal momento, mas a playlist em si é boa demais e extremamente viciante, repleta de músicas maravilhosas e bandas incríveis, como Nirvana e Linkin Park. Cada capítulo é uma música e achei que foi uma forma interessante de integrar a playlist no livro.
página do livro a playlist de hayden mais foninho
Crédito da Imagem
Mas isso não estragou o livro, porque de certa forma a essência da música estava presente e as explicações para a música estar na playlist foram bem criativas e convincentes.
O mistério que envolve o livro todo foi bem bolado e o tempo todo eu ficava fazendo suposições, e acabei acertando antes de o livro revelar, porque na verdade eu achei um tanto óbvio. Isso estragaria a história para mim, porque gosto de ser surpreendida, mas quando foi revelado. a reação dos personagens foi totalmente diferente do que eu imaginei que seria, e no fim, isso acabou compensando.
"Muitas pessoas querem ser invisíveis. Talvez elas até pensem que podem fingir que são. Mas sempre alguém as vê."
A gente pode aprender uma série de coisas com A Playlist de Hayden, principalmente sobre perda, superação, raiva, bullying e esperança, é realmente um livro bem reflexivo. Quem já perdeu algum amigo ou parente próximo sabe muito bem oque são alguns desses sentimentos, e acho que a experiência de ler esse livro nos faz pensar um pouco melhor sobre tudo

A Playlist de Hayden
Crédito da Imagem
A diagramação está muito boa, não achei nenhum erro gramático e o tamanho da letra está ótimo, e também tem a tradução dos nomes das músicas no rodapé da página.
Indico esse livro para todos, mesmo pra quem não curte todo esse tema de morte e tudo mais, confie em mim, mesmo que você não goste do livro, vai ser uma experiência incrivelmente interessante!

"Se havia alguma coisa que eu aprendera com a playlist, é que ouvir as pessoas pode ser importante."


14 Comentários

  1. Eu ganhei esse livro, mas ainda não o li.
    Só li os capítulos que a NC mandou de degustação, mas já foi o suficiente para eu gostar muito.
    Amei a playlist, faz muito sentido com cada capítulo.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  2. Ai que bom que você amou o livro, pois já li umas resenhas um pouco negativas e já estava receosa em adquirir o livro e não gostar. Não vejo a hora de ler, pois a playlist eu já ouvi kkk. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  3. Era para eu ter lido esta semana o livro, mas acabei adiando. Legal que você tenha gostado, tenho lido resenhas bem divididas em relação ao livro. Mesmo assim, quero ler e espero gostar.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Finalmente uma resenha mega-positiva sobre esse livro! Fora a sua, li apenas outra que o avaliou e cinco estrelas. A maioria dos leitores se decepcionou. Eu acho que vou gostar tanto quanto você, porque já admiro a autora por ter abordado temas tão pesados em uma obra adolescente.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi..
    Nossa, essa é a primeira resenha que vejo alguém dizer que as músicas foram bem explicadas na história, porque todos dizem ao contrário. Estou bem ansiosa para ler o meu e tirar a prova de uma vez rs
    Espero aprender bastante com o livro também.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Já tinha visto uma outra resenha deste livro e agora ainda fiquei mais curiosa!! Parece ser muito interessante :)

    http://menteliteraria.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Já vi tantas resenhas desse livro e cada pessoa o enxerga de uma forma e isso é super legal. Tem gente que odeia, que ama, que vê muitas lições no livro e isso é ótimo, só me deixa mais animada para ler... Muitas músicas do livro eu ouço desde nova, então, vou amar!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  9. Adorei a resenha, também recebi o livro da editora e espero poder ler nesse próximo mês, apenas conferi os primeiros capítulos e adorei, assim como as músicas.Espero poder gostar dele, assim como você gostou.

    http://umreinomuitodistante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Gab, tudo bem? Gostei bastante da sua resenha e acho bem legal quando mesmo com um personagem morto, ele está bem presente na trama. Que pena que a playlist ficou meio perdida durante a narrativa, mas que bom que você conseguiu curtir. Acho bullying e suicídio temas sempre importantes.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  11. Oi! Tudo bem?

    Também recebi o livro em parceria com a Editora, mas, ao contrário de você, minha experiência com essa leitura não foi das melhores. Senti que a autora perdeu o propósito do livro durante a narrativa e o final é extremamente fraco. Parece que ela ficou com preguiça de explorar a capacidade dela como escritora =//

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bom?
    Concordo com você sobre a playlist, pois também achei que ela ficou meio perdida dentro do livro. É um livro que fala sobre perdas, mas confesso que esperava um pouco mais dele. Não sei ao certo, mas não consegui ser cativada pela narrativa ou pelos personagens. Na verdade eu gostei muito do Hayden, mas os outros personagens me irritaram.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Gab,

    Sempre li resenhas positivas da Playlist e quero muito ler este livro. Gostei e me senti acolhida por você, pois perdi meu pai recentemente, não ele partiu para outra viagem e a dor é muita intensa e o fato de você colocar que ler este livro nos faz entender muita coisa, reforçou o meu desejo de lê-lo.

    Beijo
    Tânia Bueno
    www.facesdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  14. Hello,
    A Playlist de Hayden é um livro fantástico que conseguiu ganhar meu coração nas primeiras páginas lidas. Michelle tem uma escrita incrível e trata de assuntos fundamentais tais como bullying. Gostei muito de seu livro de estréia e espero logo ler outro livro dela.

    ResponderExcluir